Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


22.10.18

Concurso SOMOS O QUE COMEMOS Sintra 2018 - Palácio de Queluz

 

Maria João Fresco Da Ericeira Com Amor 11.jpg

Maria João Fresco Da Ericeira Com Amor 1.jpg

Maria João Fresco Da Ericeira Com Amor 3.jpg

Maria João Fresco Da Ericeira Com Amor 9.jpg

E ontem foi um dia fantástico! Tive a honra de cozinhar para um Júri de Respeito que são os senhores da foto acima.

2018 é o Ano Europeu do Património Cultural, por Sintra houve um Programa vastissimo de actividades para celebrar esta Comemoração. De Junho a Outubro aconteceram desde Workshops a Tertúlias, a Visitas Temáticas e a uma Conferência Internacional com oradores de renome, na qual tambem estive presente.

Para encerrar em grande este evento foi lançado um concurso para descobrir o vencedor de "A Minha Receita de Sintra". Eu concorri e fiquei entre os três finalistas. O meu prato foi uma bela Açorda de Mexilhões do Litoral Sintrense com Pão da Aldeia de Janas. Venceu o concorrente que cozinhou uma Carninha às Mercês com Puré de Maçâ de Fontanelas (uma delicia estas maçãs, têm de as procurar e provar), eu e a outra participante ficámos em 2º lugar, não houve 3º o que considero de muito bom senso. Todos participámos pelo gosto à cozinha, ao Património Alimentar e Cultural e à Tradição. A minha receita foi escolhida por ser uma receita tradicional cá em casa na 6ª feira Santa, que para quem não sabe, pelos concelhos de Mafra e Sintra é tradição irmos à apanha do mexilhão pelas nossas lindas praias.

Julguei que estaria muito nervosa mas isso não aconteceu, cozinhei o meu prato tranquilamente e interagi muito com o público que mostrava grande interesse pelo que estávamos a cozinhar o que foi muito gratificante. Depois de servida ao júri a minha açorda foi servida a todos os presentes e tive muitos elogios. Sempre que se cozinha com ingredientes frescos de qualidade o resultado é o melhor. Pão, Mexilhão e Azeite bio de Trás-os-Montes, o meu adorado azeite Arvólea dão sem dúvida uma bela açorda!

No final usufruímos todos de um Grande Festim no Jardim do Palácio de Queluz, onde foram servidas muitas delicias de Sintra. Travesseiros, Queijadas, Fofos de Belas, Sidra de Maçã, Vinhos de Colares e outras iguarias onde a Maçã de Fontanelas foi Rainha.

 

Aproveito este meu espaço para dar os PARABÉNS à empresa responsável por esta iniciativa Parques de Sintra-Monte da Lua e à Spira-Revitalização Patrimonial pela excelente produção do evento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

20.05.18

Coelho no Forno com Caril

32267181_2003210183085101_870384592937287680_n.jpg

Esta receita é só mais uma receita mas na verdade pode dizer-se que não é para qualquer Um!

E porquê? Porque esta é só para atrevidos, capazes de gostar de coelho e claro, de adorar caril.

E quem não gosta desta combinação nem sabe o que perde, digo eu.

Ora este coelho não é de caça, nem daqueles da bela coelheira aqui da zona saloia, não senhora, não foi alimentado a ervinha nem a couves mas também não é um gato, vos garanto.

Este belo coelhinho veio diretamente do talho do Intermarché, talho que até à data me inspira total confiança e onde faço a maioria das compras da carne que se cozinha cá em casa.

E estava ótimo, delicioso, de lamber os dedos! Aqui fica a receitinha:

 

Ingredientes:

1,5 Kg de coelho

sal e pimenta preta acabada de moer q.b.

3 dentes de alho

2 cebolas

1 folha de louro

3 cravinhos da India

3 c. de sopa de caril

1 malagueta média

1 dl de azeite v.e.

800 g de batatas pequenas

2 dl água

1 dl vinho branco

200 g de tomate cereja

1 raminho de coentros ou salsa frescos

 

Preparação:

Cortar o coelho em pedaços, esfregá-lo com o sal e a pimenta e colocá-lo num pirex. Juntar os alhos esmagados, as cebolas em meias luas, o louro, os cravinhos, o caril, a malagueta picada e sem sementes e o azeite e envolver muito bem.

Deixar marinar cerca de 20 min. Depois juntar as batatas e a água morna e levar ao forno a 210 graus (pré-aquecido) por 20 min.

Após este tempo retirar do forno, (aproveitei para provar e juntei mais uma colher de chá de sal e mais um pouco de pimenta moída), juntar o vinho branco e os tomates cortados ao meio e levar de novo ao forno à mesma temperatura por mais 30 min.

Antes de servir salpiquei com um raminho de coentros mas também pode ser salsa ;)

 

Bon Appétit!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

13.12.16

Patê de Salmão Fumado com Cogumelos Frescos_Delicioso

15493936_1320313621374764_1214097475_n.jpg

Um patê de Salmão bem fresquinho é dos patês que mais gosto, é uma entradinha perfeita, e impossível não se gostar, digo eu :)

 

Receitinha:

 

Ingredientes:

200g queijo Philadelphia Light (ou 3 queijos frescos magros)

100g salmão fumado

3 cogumelos castanhos pequenos (facultativo)

1 c. chá alcaparras ou pikles (para dar acidez)

sal marinho q.b.

pimenta preta q.b.

 

Preparação:

Colocar todos os ingredientes no copo da Bimby e programar 10 seg. vel. 5, retirar a tampa e baixar com a espátula a mistura que ficou nas paredes do copo, misturar novamente 5 seg. vel. 4;

Colocar no frio até servir;

 

Bon Appétit!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Arquivo