Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


02.10.18

Trail pela Ericeira - Reserva Mundial de Surf

 

eu.jpg

Praia de S. Lourenço

Praia de S. Lourenço 3.jpg

Praia dos Coxos

Praia dos Coxos.jpg

Da Ericeira com Amor.jpg

14,5 Km diz o Strava, e é verdade.

E com alguma elevação pelo caminho, deu para sentir o coração aos pulos! Nada mau para quem não se mexia há uns meses.

Neste domingo fiz a 1ª caminhada de outras mais que se avizinham, pela minha Saúde e Bem-Estar. É maravilhosa a sensação de chegarmos ao fim do percurso e sentir o dever cumprido. Fui em grupo, com amigas queridas e outros que fiquei a conhecer e que são um doce de pessoas. Estas atividades tornam-se mais fáceis e motivantes se as partilharmos com gente boa, sem dúvida alguma.

O trajeto deste trail foi pela Ericeira, saída do Parque de Campismo e de seguida uma parte pelos montes de Ribamar e outra pelas arribas das praias, a vista para as praias de S. Lourenço e dos Coxos é qualquer coisa divina! Imagens de quadro, mil vezes mais bonitas que vistas no arel. Foi pela Roteiros Aventura Recomendo a quem não conhece. Ficam umas fotinhas abaixo.

Beijinhos a todos os que me leem!

Autoria e outros dados (tags, etc)

23.09.18

Novo Ciclo > Renovar e Florescer

 

42381533_2228216957437585_9078153746558484480_n.jp

       E hoje começa o Outono, recomeça um novo ciclo para a Natureza. Tal como no Outono as árvores se libertam das folhas para que possam novamente florescer, florir e dar frutos na Primavera seguinte, também eu começarei hoje uma libertação do que está a mais em mim.

Os anos passam e em nós vai-se acumulando carga que nos inclina para baixo, deixa-nos a olhar para o chão. No chão nada acontece, se olharmos para ele perdemos o espetáculo da vida que só se passa cá em cima, passa-se nas nuvens onde moram os sonhos, no sol que nos aquece a alma e nos olhos de quem gostamos.

A carga está nos quilos a mais, na energia mal empregada, na ansiedade das horas que voam, está na falta de cuidado que tivemos connosco, nalgum desrespeito por nós próprios e sobretudo naqueles sonhos que deixamos para sonhar mais tarde.

É urgente deixar cair carga para poder seguir em frente com Força e Ânimo, é preciso renovar e voltar a florescer com a beleza de uma flor e a leveza de uma andorinha.

 

     Na foto sou eu agora, meio desfocada e a contra-luz, sem pudores, assumidamente Eu, com todas as qualidades e defeitos em busca da evolução.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

04.09.18

E hoje recebi um presente tão bom...!

 

LIVRO PANTAGRUEL.jpg

 

LIVRO PANTAGRUEL FRASE.jpg

 

PANTAGRUEL EDIÇÃO.jpg

PANTAGRUEL ASSINATURA.jpg

PANTAGRUEL.jpg

Não poderia estar mais contente! Eu amo livros e mais ainda se são livros de receitas ou de culinária.

A avó do meu marido, uma senhora de 92 anos, tinha lá em casa este Pantagruel antiquíssimo que eu sempre namorei.

O Livro de Pantagruel é a maior obra de culinária em língua portuguesa, um clássico da culinária e gastronomia. Foi lançado em 1946 e atualmente está na 75.ª edição. É obra, pode dizer-se!

A meu ver, é um manual imprescindivel para quem quer aprender a cozinhar e para esclarecer dúvidas sobre a fantástica arte da culinária. Tenho muitas fotocópias dele embora agora seja fácil de encontar online para download.

Sempre que ía a casa da Dona América não resistia a folhear a "preciosa" obra. É que este livrinho é de 1952, é das primeiras edições e traz nele um bónus maravilhoso: Está assinado pela mão da autora Bertha Rosa Limpo, que fazia questão de assinar todos os exemplares enquanto lhe foi possível.

Hoje esta Pérola foi-me oferecida pela Dona América, Necas para a familia e amigos! Só posso agradecer muito por se ter lembrado de mim :)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Arquivo