Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


14.12.18

Papos de Anjo - Doçaria Conventual na Bimby

papos de anjo a.jpg

papos de anjo b.jpg

papos de anjo c.jpg

papos de anjo d.jpg

papos de anjo e.jpg

papos de anjo f.jpg

papos de anjo g.jpg

A Doçaria Conventual é uma menina dos meus olhos. Tem apenas um senão, que é ser um pouco dificil de fazer em casa devido aos pontos de açucar, devido a termos de estar constantemente a mexer nos tachos para que não pegue, para que não talhe, para que fique sem grumos...etc, etc,....Quem se aventura a fazê-la sabe bem o quão trabalhosa é!  Mas um dia destes andava eu aqui pela net e descobri uma quantidade enorme de receitas conventuais adaptadas para a Bimby. Resultado, ando encantada com a facilidade com que fiz por exemplo estes Papos de Anjo! 

Deixo a receita base, no entanto eu quando fiz dupliquei as quantidades porque éramos um grupo grandinho, mesmo duplicando a receita resultou muito bem. Só vos digo que até os menos gulosos adoraram estas pequenas maravilhas!

 

Ingredientes para os Papos de Anjo:
2 ovos inteiros
10 gemas de ovo

Manteiga q.b. amolecida para pincelar as formas

Açucar q.b. para polvilhar as formas

Ingredientes para a calda:
300g de água
350g de açúcar
1 casca de limão (sem a parte branca)

1 casca de laranja (sem a parte branca)

1 pau de canela para colocar na taça de servir

 

Preparação:

Começar por pincelar 12 formas de queques com manteiga e de seguida polvilhá-las com açúcar. Reservar já no tabuleiro onde irão ao forno.

Pré-aquecer o forno a 180º.

Colocar a borboleta na lâmina e juntar os ovos inteiros e as gemas. Programar 8min., temp.37º, vel.4.
Quando este tempo terminar, programar mais 5min., vel.4 sem temperatura. Irá ficar uma massa bem leve e fofa.
Deitar a massa nas formas mas não as encher totalmente, digo isto porque enchi as minhas bem cheias e durante a cozedura algumas verteram.
Já com as forminhas no tabuleiro, juntar água ao tabuleiro (previamente aquecida mas sem estar a ferver), até cubrir aprox. metade da altura das forminhas  e colocar no forno em banho-maria a 180º por  cerca de 15 a 20 minutos. 
Retirar do forno, desenformar para um prato, deixar amornar e dar umas 3 ou 4 picadelas com um palito para que depois a calda se infiltre mais facilmente. Colocar os Papos de Anjo na taça onde irão ser servidos. 

Preparar a calda enquanto os Papos de Anjo estão no forno:
Colocar no copo já limpo o açúcar, a água e a cascas de limão e laranja e programar 10min., temp. varoma, vel 2.

Juntar o pau de canela e deixar arrefecer. Regar então os Papos de Anjo, de modo a que fiquem bem ensopados.

Dica: Servi-los frescos com a calda na taça, sabem melhor do que servidos à temperatura ambiente.

 

Bon Appétit! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

10.11.18

Risotto de Cogumelos para Brilhar

risotto cogumelos 1.jpg

Este Risotto é dos melhores que já fiz e garanto-vos que se seguirem a receita terão um prato muito requintado e de sabor magnífico que vos deixará muito orgulhosas. Esta receita é feita em 3 fases, que explico abaixo, no entanto é muito fácil. Eu usei a Bimby mas pode também ser confecionada no fogão.

 

Ingredientes para 4 pax:

40g queijo parmesão para ralar, mais q.b. em lascas para guarnecer.

 

1ª fase: Salteado de Cogumelos

1 dente de alho

30g manteiga

100g de cogumelos marron

100g cogumelos shitake (podem usar outros)

100g de cogumelos juba de leão (podem usar outros)

1 pé de alecrim fresco

1 c. café sal

1 pitada pimenta preta acabada de moer

 

2ª fase: Puré de Cogumelos

2 dentes de alho

35g azeite

250g cogumelos frescos laminados (usei brancos)

1 pé de alecrim fresco

1 c.café sal

1 pitada pimenta preta acabada de moer

 

3ª fase: Risotto

1 chalota cortada em pedaços

60g manteiga

100g vinho branco

320g arroz de risotto

900g água morna

1 c.café sal

Folhas de Coentros e lascas de parmesão q.b. para guarnecer

 

Preparação na Bimby:

Coloque no copo o queijo e rale 10 seg/vel10. Retire e reserve.

 

1ª fase - Salteado de cogumelos:

Coloque no copo o alho e pique 3seg/vel8.

Adicione a manteiga, os cogumelos, o alecrim, o sal e a pimenta e saltei 7min/varoma/colher inversa/vel. colher de pau. Retire o pé de alecrim e reserve o salteado, mantendo-o quente.

 

2ª fase - Puré de Cogumelos:

Coloque no copo o alho e o azeite e pique 3seg/vel8.

Adicione os cogumelos, o alecrim, o sal e a pimenta e cozinhe 10min/varoma/vel1.

Retire o alecrim e triture 30seg/vel7, no final abra o copo e baixe o que tenha ficado na parede deste. Triture mais 10seg/vel7.

 

3ª fase - Risotto:

  1. No copo limpo coloque a chalota e pique 5 seg/vel 5. Baixe com a espátula o que ficou na parede do copo.
  2. Adicione apenas 40g de manteiga e refogue 3min/varoma/vel1.
  3. Adicione o vinho e deixe evaporar 1min/100º/vel1, sem o copo medida colocado.
  4. Junte agora o arroz, a água morna e o sal e envolva bem com a espátula, coza 18min/100º/colher inversa/vel1.
  5. A meio da cozedura, pare a velocidade e volte a envolver tudo muito bem com a espátula, de seguida volte a colocar o botão na vel1 e deixe cozinhar até ao fim do tempo.
  6. Adicione 20g de manteiga, o puré de cogumelos reservado e o queijo parmesão ralado e envolva bem com a espátula.
  7. Retire para a taça de servir e envolva a manteiga e o parmesão ralado.
  8. Guarneça com os cogumelos salteados, com o queijo em lascas e as folhas de coentros.
  9. Sirva de imediato.

 

Dica: Para ter um prato ainda mais elegante poderá decorar com flores comestíveis.

 

Esta é uma receita Bimby, ligeiramente adaptada e testada por mim.

Bon Appétit !

Autoria e outros dados (tags, etc)

04.09.18

E hoje recebi um presente tão bom...!

 

LIVRO PANTAGRUEL.jpg

 

LIVRO PANTAGRUEL FRASE.jpg

 

PANTAGRUEL EDIÇÃO.jpg

PANTAGRUEL ASSINATURA.jpg

PANTAGRUEL.jpg

Não poderia estar mais contente! Eu amo livros e mais ainda se são livros de receitas ou de culinária.

A avó do meu marido, uma senhora de 92 anos, tinha lá em casa este Pantagruel antiquíssimo que eu sempre namorei.

O Livro de Pantagruel é a maior obra de culinária em língua portuguesa, um clássico da culinária e gastronomia. Foi lançado em 1946 e atualmente está na 75.ª edição. É obra, pode dizer-se!

A meu ver, é um manual imprescindivel para quem quer aprender a cozinhar e para esclarecer dúvidas sobre a fantástica arte da culinária. Tenho muitas fotocópias dele embora agora seja fácil de encontar online para download.

Sempre que ía a casa da Dona América não resistia a folhear a "preciosa" obra. É que este livrinho é de 1952, é das primeiras edições e traz nele um bónus maravilhoso: Está assinado pela mão da autora Bertha Rosa Limpo, que fazia questão de assinar todos os exemplares enquanto lhe foi possível.

Hoje esta Pérola foi-me oferecida pela Dona América, Necas para a familia e amigos! Só posso agradecer muito por se ter lembrado de mim :)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

30.08.18

Pato com Legumes e Massa Chinesa

pato com massa chinesa e legumes.jpg

massa chinesa.jpg

legumes asiáticos.jpg

pato desfiado.jpg

Eu adoro esta receita. Adoro pato, é uma carne de sabor forte, o que me agrada. É uma carne branca, saudável, embora com mais gordura que o frango ou perú... Eu retiro sempre o máximo de pele que consigo para eliminar a maior parte da sua gordura.

A carne de pato é adequada a todas as idades por ser rica em proteinas e em vitamina B3, vitamina importante para o metabolismo das gorduras no nosso corpo e controlo dos níveis de colesterol.  

Esta receita foi feita com pato cozido por mim, em casa, no entanto encontra-se facilmente pato cozido e desfiado nos supermercados, embora o cozido em casa seja preferivel e tenha outro sabor devido ao modo como o cozo. Um destes dias coloco a minha receita de arroz de pato e digo-vos o que junto na cozedura ;)

 

Receitinha para 3 doses:

 

Ingredientes:

1,5l de água;

125g de massa chinesa ou noodles;

4 c. sopa azeite;

2 dentes de alho picado;

1 cebola pequena picada;

1dl de vinho branco;

1 embalagem de legumes “mistura chinesa”, encontra-se na parte dos congelados na maioria dos supermercados;

sal integral e pimenta preta moída q.b.;

1 c. chá molho picante a gosto;

200g pato cozido e desfiado;

3 a 4 c. sopa de molho de soja ou q.b.

 

Preparação:

Colocar a água a ferver numa panela pequena, temperar com 1 c. chá de sal e quando levantar fervura juntar a massa e deixar cozinhar de acordo com a embalagem, pois há várias marcas e cada uma delas tem o seu tempo de cozedura. Após a cozedura colocar a massa num passador para escorrer.

Enquanto isso num tacho médio, ou frigideira ou wok refogar o azeite com o alho e a cebola, não muito tempo, apenas até a cebola ficar translúcida, de seguida juntar o vinho branco e deixar ferver 1 min para evaporar o álcool. Juntar os legumes, já descongelados de preferência e temperar com o sal, a pimenta e o molho picante. Tapar e quando começar a ferver juntar o pato. Tapar novamente e deixar cozinhar os legumes em lume brando por 5-7 min, o pato irá também ganhar o perfume de todo o preparo.

Por fim, adicionar esta mistura à massa, juntar molho de soja ao vosso gosto pessoal, envolver e servir.

  

Bon Appétit!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Arquivo